Resumo semanal de atualidades

2 minutos para ler

Semana de – 11 a 17 de Setembro:

Com aquecimento global, cidades terão de lidar com enchentes constantes

Em muitos lugares, a ameaça do aquecimento global ainda parece distante, ou mesmo teórica. Mas esse não é o caso da cidade de 74 mil habitantes no extremo noroeste da Inglaterra, onde um dos rios ficou com um volume de água 30 vezes maior que o normal no ano passado. Os cientistas estimam que o aquecimento global aumente em 40 por cento as chances de tempestades como a Desmond nessa região da Grã-Bretanha, embora as estimativas sejam incertas. “Encontrar uma forma de lidar com as tempestades e enchentes é uma tarefa que vai ocupar boa parte das cidades do planeta”, afirmou Colin Thorne, cientista especializado em rios da Universidade de Nottingham.

6dez2015-equipes-de-resgate-retiram-moradores-de-carlisle-na-inglaterra-um-home-morreu-durante-uma-tempestade-que-atingiu-o-pais-provocando-fortes-ventos-e-inundacoes-1449401067316_615x300

Clique aqui para saber mais

 

Campanha com atletas paralímpicos faz alerta sobre a meningite

Meningite é o nome dado à infecção na meninge, tecido que envolve o cérebro, contraída por vírus, bactéria, contaminação química ou trauma.  De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), de 5% a 10% das pessoas que contraem a doença morrem, mesmo com tratamento. E se não houver combate, a taxa de mortalidade fica entre 70% a 90%. Cinco atletas que integram a delegação brasileira nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, e têm sequelas da meningite, participaram da campanha Internacional ‘Vença a Meningite’, que incentiva a vacinação. O combate à doença é feito com antibióticos.

paralimicos

Clique aqui para saber mais

 

Câmara cassa o mandato de Cunha

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite de segunda-feira (12) a cassação do mandato de Eduardo Cunha. O placar mostrou 450 votos pela cassação e apenas 10 contra. Cunha já estava afastado do mandato. Com a decisão da câmara, fica inelegível até 2017.

cunha

Clique aqui para saber mais

Brasil perdeu 1,5 milhão de vagas com carteira assinada em 2015, pior marca em 31 anos

Pior resultado desde 1985, quando o levantamento começou a ser feito. Todas as regiões do país tiveram queda no número de vagas de trabalho com carteira assinada, sendo que a maior queda foi no sudeste. Apenas Piauí, Acre e Roraima tiveram aumento.

passaporte

Clique aqui pata saber mais

Posts relacionados

Deixe um comentário