EAD: Como tornar suas videoaulas inesquecíveis?

6 minutos para ler

Diante da pandemia do COVID-19, as escolas precisaram readequar o seu modelo de pedagógico, devido ao isolamento social. Afinal, o ensino EAD (ou a distância) se tornou uma alternativa inteligente para manter a rotina escolar.

De acordo com a Agência Brasil, as novas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, que foram aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), previam, em 2018, que os alunos poderiam ter até 20% das aulas a distância.

Então, por mais que, antes da crise, algumas escolas já utilizavam o ensino EAD em algumas disciplinas, certamente não estavam preparadas para que todas elas fossem realizadas dessa maneira.

Por isso, trouxemos algumas informações importantes sobre essa temática, bem como mostraremos algumas dicas interessantes para manter os alunos cada vez mais engajados com os estudos. Vamos lá?

Entenda qual é o cenário das videoaulas

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) aprova a tecnologia digital como uma das competências gerais da educação básica. Para ela é preciso:

Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva.

Portanto, podemos refletir que ensino a distância é uma alternativa eficaz para tornar a aprendizagem mais completa. Inclusive, nessas épocas de pandemia, ele se torna a solução ideal para a maioria das escolas.

Dessa forma, saiba que mesmo que você tenha certo receio ou ainda não tenha desenvolvido as habilidades essenciais para dominar a tecnologia digital, o EAD veio para ficar! No entanto, não se preocupe! Estamos aqui para ajudar nesta trajetória!

Saiba quais são os benefícios das videoaulas para o ensino EAD

No universo digital os vídeos são muito conhecidos por ser um formato de conteúdo rico, interativo, dinâmico e inteligente. Diversas empresas (de todos os setores) apostam neles para ver a sua marca prosperar e educar o seu público sobre as melhores soluções para os seus problemas.

Para você ter uma ideia, o YouTube (maior plataforma de compartilhamento de vídeo do Brasil) comprovou que o consumo de vídeos on-line já está maior que o da televisão — tendo um crescimento de 165% em 5 anos, enquanto a TV aumentou em somente 25% —. Além disso, segundo os dados da Global Digital 2019, 95% dos brasileiros assistem vídeos na plataforma.

Portanto, esses dados comprovam que você precisa investir nas videoaulas porque, certamente os seus alunos estão presentes no mundo digital consumindo esse tipo de informação. Então, saiba que você pode apostar nesse formato de material didático digital. Além disso, as videoaulas:

  • promovem o engajamento dos alunos;
  • tornam o ensino mais interessante;
  • podem ser acessadas em qualquer horário e em qualquer lugar;
  • têm um conteúdo visual muito mais atrativo;
  • prendem a atenção do aluno;
  • tornam o ensino muito mais eficaz;
  • permitem criar conteúdos muito mais personalizados; e
  • garantem a mobilidade e a acessibilidade.

Veja como utilizar essas ferramentas para docentes e planejar as suas videoaulas

A primeira coisa que precisamos ter em mente é que não é interessante somente replicar as aulas presenciais nas plataformas digitais. Afinal, para que as suas videoaulas sejam interessantes é preciso inovar, ter criatividade e criar conteúdos estratégicos.

Além disso, os alunos já estão presentes no universo on-line e têm, à sua disposição, uma infinidade de conteúdos para acessar. Por isso, se você quer prender a sua atenção, deve inovar.

Saiba como alinhar o Projeto Pedagógico à BNCC

Quer saber como fazer isso? Confira algumas dicas para criar videoaulas para o ensino EAD!

Tenha um bom planejamento de conteúdo

O primeiro passo para criar uma videoaula inesquecível é dominar o conteúdo e ter um ótimo planejamento. Afinal, é preciso utilizar a didática para engajar o aluno, portanto, envolva os conteúdos com temas atuais.

Além disso, crie um roteiro que faça sentido — tendo início, desenvolvimento e conclusão —. Uma dica é assistir as videoaulas de temas relacionados (conhecendo a concorrência) e criar um conteúdo com alguns diferenciais interessantes.

Utilize os feedbacks dos alunos

Um dos principais segredos de qualquer estratégia digital é fazer testes para receber feedbacks construtivos. Então, tenha um espaço para cada videoaula em que os alunos possam dar o seu retorno e avaliar como foi o ensino.

Afinal, eles ajudam a trazer ideias inovadoras que potencializam o ensino e que podem ser utilizadas nos próximos conteúdos. Para isso, crie um formulário de satisfação para cada aula e solicite aos alunos uma resposta.

Por exemplo, você pode considerar que a aula está ótima, no entanto, os alunos estão com dificuldades para ouvir o áudio. Assim, quando você receber esse feedback, sabe o que precisa ser aperfeiçoado para o próximo vídeo.

Tenha bons equipamentos

Convenhamos: não é legal assistir um vídeo em que a imagem está desfocada ou escura, certo? Afinal, isso atrapalha a concentração do aluno.

Por isso, não hesite em investir em ótimos equipamentos como uma câmera e um microfone. Além disso, aprenda a utilizar recursos audiovisuais para tornar as aulas mais atrativas e interessantes.

Outro detalhe a ser pensado é que o vídeo precisa ser gravado em um ambiente sem muitos ruídos externos (como barulhos de cachorros, crianças ou carros). Também é preciso ter uma boa iluminação e criar um cenário interessante.

Aprenda a editar os vídeos

Existem diversas ferramentas de edição de vídeo (como Imovie, Videopad, Movie Maker, Adobe Premiere). Afinal, com elas você aprende a utilizar alguns efeitos como:

  • cortar alguma parte que não ficou legal;
  • inserir QR Code e outros links para acessar algum conteúdo complementar;
  • criar uma vinheta personalizada da sua aula;
  • inserir o logotipo da escola para reforçar a sua marca quando as pessoas compartilharem;
  • escrever alguns comentários interessantes;
  • apostar em alguma trilha sonora;
  • inserir os seus dados de contato; e
  • muito mais!

Diversifique os conteúdos para tornar as suas videoaulas inesquecíveis

Outro segredo para prender a atenção do aluno com as suas videoaulas é investir em diversos formatos de conteúdo nos vídeos. Afinal, eles criam uma conexão com o aluno, evitando que o mesmo fique entediado. Veja alguns recursos que você pode utilizar:

  • infográficos;
  • gifs e memes da atualidade;
  • e-books com conteúdo complementar;
  • animações em vetores;
  • entrevistas com convidados;
  • animações em motions graphics;
  • gamificação; e
  • drops mobile.

O ensino EAD é uma solução interessante para todas as escolas. Para isso, é preciso pensar de forma estratégica para criar videoaulas inesquecíveis. Afinal, é preciso utilizar essas ferramentas para docentes para prender a atenção do aluno e favorecer o ensino.

Você gostou das nossas dicas para tornar a suas videoaulas inesquecíveis no ensino EAD? Então, aproveite para conferir também 7 dicas para otimizar os recursos da sua escola. Boa leitura!

Posts relacionados

Deixe um comentário