Como fazer uma boa redação no ENEM e nos vestibulares

9 minutos para ler

A dissertação é um dos gêneros mais cobrados nas provas de redação do ENEM e dos vestibulares brasileiros. Também por isso, é um dos tipos de texto que mais trazem dores de cabeça para os alunos do último ano do Ensino Médio e de cursos pré-vestibular. Argumento, ponto de vista, tópico frasal, proposta de intervenção, coesão, coerência e outros pontos devem ser levados em consideração pelo aluno.

Com todos esses detalhes, a aprovação parece cada vez mais um sonho impossível, mas não há motivo para desespero. Estudar, praticar bastante e direcionar o treino para as exigências das provas transforma qualquer candidato em um excelente redator. 

Quer entender melhor como estudar para a redação do ENEM e vestibulares? Veja, a seguir, o que deve ser levado em consideração para a tão sonhada nota máxima!

Por que planejar a redação é importante?

Na redação do ENEM e dos vestibulares, especialmente quando falamos de dissertação, o objetivo é convencer o leitor da validade do ponto de vista do autor, por meio de fatos e argumentos. Dessa forma, podemos dizer que a argumentação pressupõe a apresentação de opiniões diferentes.

Afinal, de que adiantaria argumentar a respeito de algo de que todos estão convencidos? Por exemplo, valeria a pena defender a ideia de que seres vivos são mortais? Claro que não! Por isso, os argumentos não precisam ser apenas verdadeiros, eles devem ser relevantes.

Logo, saber escolher os melhores argumentos e discutir com propriedade o problema apresentado na proposta de redação são elementos essenciais para uma boa nota. O texto dissertativo bem executado sempre parte de um bom planejamento.

Sem criar um plano de redação, o trabalho pode ficar confuso. Com isso, o leitor tropeça pelo caminho e pode se cansar, reduzindo as chances de uma nota máxima. 

Por essa razão, antes de começar a escrever, você deve pensar na organização do texto e planejar a sua redação observando as seguintes etapas:

  • para se guiar, comece por definir qual o seu ponto de vista sobre o assunto;
  • tente resumir sua tese (tese = ponto de vista) em uma frase e a escreva, pois você provavelmente vai utilizá-la na introdução;
  • selecione ao menos dois argumentos para defender o seu ponto de vista e, se for o caso, selecione também um contra-argumento, que deverá ser invalidado no decorrer da redação;
  • defina a ordem da exposição desses argumentos;
  • pense em como você vai finalizar seu texto, pois toda a redação deverá desembocar na conclusão;
  • quando fizer a redação do ENEM, pense, também, em uma proposta de intervenção para incluir em sua conclusão.

Como estudar redação do ENEM e vestibulares?

Aplicando os métodos certos, é possível tirar notas muito maiores na redação do ENEM e vestibulares. Como qualquer outra matéria, a redação deve ser estudada ao longo de toda a preparação. Veja, a seguir, as melhores práticas para fazer isso!

Procure exemplos de nota máxima

Ler os exemplos de redação que tiraram nota máxima é o tipo de estudo valioso para quem está se preparando para fazer as provas. Com bons exemplos, é possível refletir a respeito dos textos escritos por você, comparar as redações bem pontuadas entre si, ver o que é essencial para uma boa nota e, acima de tudo, perder o medo de buscar melhores resultados. 

Alguns alunos ficam muito surpresos ao perceber que a redação nota 1000 está a apenas alguns passos! Ela é possível, basta aplicar os conceitos corretamente, usar boa gramática e garantir que todos os pontos essenciais exigidos pelo avaliador estejam ali.

Os textos que recebem nota máxima são claros e bem escritos, mas não há neles, nenhuma qualidade que não se possa aprender. Qualquer pessoa consegue chegar lá. Por isso, usar os exemplos como estímulo é uma ótima ideia!

Invista na quantidade

Para escrever bem, é importante escrever mais! Desenvolva várias redações, usando temas e propostas de simulados de redação. Com isso, você se habitua à escrita à mão, que é muito importante para uma boa velocidade na hora em que o tempo for limitado.

Ainda, a repetição permite visualizar os erros mais comuns cometidos nos textos, preparando-se para corrigi-los. O aprendizado das técnicas de planejamento e da estrutura do texto também fica muito mais fácil quando as orientações são colocadas em prática.

Assim, é muito importante que o volume de redações seja grande, para que se torne realmente possível detectar erros e ajustar os estudos. De preferência, produza todos os dias, tentando sempre enviar um mínimo de 10 textos para a correção por um professor.

Peça feedback de sua produção

Cometer o mesmo erro várias vezes sem saber disso não traz evolução nenhuma, certo? Por isso, a correção da redação por um professor que conhece as exigências do ENEM e vestibulares é tão importante quanto a prática. 

Ao contar com um feedback detalhado, o estudante consegue identificar os pontos positivos e negativos de sua produção, criando um plano de estudos personalizado para aprimorar a redação. Assim, o estudo fica direcionado não apenas à gramática, propondo-se, também, a uma reflexão quanto ao preenchimento dos requisitos de cada prova.

Estude seus pontos fracos

As correções disseram que há um mesmo erro é cometido várias vezes? Hora de reescrever e revisar a matéria! Separe todos os pontos fracos indicados nas correções para revisar, corrigir e praticar mais. Assim, você trabalha o que realmente vai fazer diferença para você.

Quem já é bom em atualidades, mas erra muita pontuação ou tem vícios de linguagem precisará estudar gramática. Aqueles que não têm uma grande variedade de vocabulário devem investir na leitura de livros, jornais e revistas. Assim, cada estudante cria uma proposta voltada para reforçar os pontos fracos e eliminar deslizes que causam a perda de pontos.

Produza conteúdo escaneável

Já ouviu falar em escaneabilidade de texto? Trata-se de um conceito que indica se a leitura de um texto é fluida e fácil pela forma como ele foi estruturado. Ao aplicá-lo, o leitor consegue identificar o começo, meio e fim da redação e passa pelos trechos com fluidez, o que torna a leitura mais ágil e prazerosa.

Um texto escaneável tem frases e parágrafos uniformes, não muito longos e com boa divisão. É importante pensar na quantidade de parágrafos da redação, bem como em quantos serão dedicados a cada estágio do texto.

Conheça as atualidades

Os temas de redação do ENEM e vestibulares não surgem do nada. As provas são pensadas para avaliar o quanto o aluno estuda, lê e se prepara, mas também qual a sua noção das principais discussões do mundo contemporâneo.

Por isso, estudar atualidades é muito importante para um bom desempenho em redação. Por mais que o enunciado forneça alguns itens para o trabalho, quem tem intimidade com o tema consegue expandir a discussão, enriquecer os argumentos e apresentar um ponto de vista bem construído. Assim, não se esqueça de estudar atualidades e acompanhar as notícias ao longo do ano!

Entenda a estrutura

Um texto dissertativo deve ter começo, meio e fim. Parece simples, mas é importantíssimo entender a estrutura para conseguir fazer o planejamento da redação.

Abaixo, veja um resumo das partes da dissertação argumentativa para orientar o seu planejamento. Essa estrutura, conhecida como padrão, não é obrigatória, claro, mas é muito bem-vinda para ajudar na organização do texto e evitar alguns erros graves, como falhas na adequação ao gênero proposto.

Introdução

É o local para indicar o que será discutido no texto, apresentando o tema e dando ao leitor uma ideia geral de seu ponto de vista. Uma boa estrutura é composta por um parágrafo com uma afirmativa suficientemente clara e limitada. A introdução deve conter o tema e o ponto de vista e não deve apresentar, ainda, nenhum argumento ou fato.

Desenvolvimento

Aqui, o autor apresentará os argumentos favoráveis e contrários ao seu ponto de vista, com as refutações do argumento contrário, quando ele existir. O desenvolvimento deve ser estruturado com, pelo menos, dois parágrafos e, no máximo, quatro. Serão trazidos todos os argumentos em defesa do ponto de vista.

Ainda, essa etapa da redação deve conter fatos, exemplos, dados estatísticos, testemunhos e outros elementos que enriqueçam a discussão. De preferência, exponha um argumento por parágrafo.

Conclusão

Na conclusão, o autor faz a retomada do ponto de vista e a síntese de como os argumentos o comprovam. A conclusão é a reafirmação do ponto de vista do autor, fechando o texto. Quem está fazendo a redação do ENEM deverá apresentar uma proposta de intervenção social que se relacione aos argumentos apresentados.

A preparação para a redação do ENEM e dos vestibulares envolve muita prática, estudo e atualização do aluno. Trata-se de um elemento importante no sucesso dos candidatos, pois as provas trazem benefícios para qualquer seleção, além de garantir muitos pontos, dando aquela força para qualquer aprovação. É importante incluir a produção de textos e a avaliação de correções no cronograma, para chegar ao dia da prova em boa forma e escrever um texto excepcional.

Este artigo foi útil para você? Que tal, então, ajudar seus amigos a conquistar uma excelente nota em redação? Compartilhe este conteúdo em suas redes sociais!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário