Redação Nota 1000
-->
Postado: 6 de novembro de 2017|Nenhum Comentário

Tema bom! Mas pode ter sido um pouco difícil para candidatos medianos…

De maneira geral, achamos o tema do ENEM 2017 (Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil) bom e pertinente, pois realiza um recorte de uma questão relevante para o Brasil – a inclusão de pessoas com deficiência – e que ainda enfrenta uma série de dificuldades para ser resolvida na prática. O exame manteve sua vocação em explorar temáticas de impacto social e ainda conseguiu, desta vez, fugir dos clichês tão esperados e preconizados por alunos e palpiteiros país afora. Também escapou da polêmica da véspera, relacionada aos direitos humanos, visto que dificilmente algum candidato entrará nessa seara sem fugir totalmente da proposta.

No entanto, consideramos o tema difícil para alunos medianos, aqueles que flutuam na faixa dos 500-650 pontos, por ser muito específico. A fuga ao tema é perigo constante: basta tratar da questão das deficiências em geral, por exemplo, e não especificamente da educação dos surdos, para chamar a atenção do avaliador e flertar com uma nota zero. Os textos motivadores, por sua vez, tão importantes para alunos dessa faixa, traziam pouco conteúdo que pudesse ser aproveitado. Além disso, uma perigosa menção ao Sistema Braille, um sistema de leitura para cegos, na lei do direito à educação, pode ter confundido ainda mais os alunos menos avisados. Em suma: campo minado!

Por outro lado, alunos que se prepararam ao longo do ano provavelmente não tiveram dificuldades. O tema oferece boas oportunidades de abordagem e amplas alternativas para a proposta de intervenção, a partir da mobilização de um repertório mínimo de informações sobre essas questões: tanto a dos surdos, mais especificamente, quanto a das pessoas com deficiência, de maneira geral. Aliás, separar uma coisa da outra pode ter sido um trunfo para quem soube reconhecer – e obedecer – os contornos da proposta temática. Mostrar conhecimentos atuais, como as novas tecnologias relacionadas à acessibilidade de surdos, por exemplo, é uma garantia aos alunos mais bem informados de resultados ainda melhores e, quem sabe, da tão desejada nota 1000!

E você, o que achou do tema? Se deu bem? Comente com a gente. E boa sorte!

Equipe Redação Nota 1000


Tags:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *