Redação Nota 1000
-->
Postado: 7 de fevereiro de 2017|1 comentário

Formas de melhorar essa relação redação

 O trabalho de correção muitas vezes é um trabalho solitário: sentado em sua mesa, lá está o corretor entrando na noite vazia com sua caneta vermelha, circulando as vírgulas, desenhando interrogações e tecendo os comentários. Digo solitário porque a interação entre ele e os alunos se limita, em muitos casos, somente à redação: é ela que vai representar a linha de raciocínio do aluno, e é ela também que vai conversar com o corretor.
Para melhorar a comunicação entre o aluno e o corretor, decidimos elencar aqui alguns problemas recorrentes que ele encontra nas redações e que podem comprometer essa relação.

 

  1. Linguagem

Texto com a linguagem precária e confusa – trechos soltos, termos vagos, desvios da norma culta da língua portuguesa (pontuação, ortografia, sintaxe).

Quando o texto possui linguagem precária, com muitos desvios, o corretor terá mais dificuldade para compreender as partes da redação e o que o aluno pretendia formular. E aí a comunicação começa a falhar.

Lembre-se de que um dos objetivos principais do texto é transmitir uma mensagem. Se a sua mensagem for composta de frases mal formuladas, com problemas de concordância, uso da vírgula e acentuação, como então o corretor poderá avaliar o seu ponto de vista?

cachorro

Como evitar?

Um esforço é necessário: procure verificar as regras da pontuação (sobretudo o uso da vírgula), as regras da acentuação e sempre dispor de um dicionário ao lado para ter mais segurança da sua escrita. A leitura também é sempre uma boa recomendação. Mas cuidado, querer utilizar um vocabulário rebuscado sem ter muito domínio do tema, pode te prejudicar (e muito!).

Recorde-se: quanto menos desvios gramaticais tiver o seu texto, mais chances ele terá de estar claro para o corretor. Assim, este poderá te avaliar com maior precisão e sentirá que a comunicação ali está fluindo.

 

  1. Articulação e coesão

Trechos desarticulados e sem ligações de sentido

Um texto precisa ter uma unidade, ou seja, precisa que o seu conjunto todo esteja interligado, de forma a montar uma teia textual. Se isso não ocorrer, os trechos ficarão desconectados e você não conseguirá desenvolver nada. Não desenvolvendo nada, adivinha o que acontece? Falha de comunicação com o corretor, isso mesmo.

Giphy

Como articular as partes do texto

Elementos de coesão: faça um mantra! Estude e reestude os elementos que podem estabelecer relações entre os períodos e frases, como os conectivos: e, com, mas, portanto, etc. Pontuação é igualmente significativa aqui, afinal, uma vírgula pode mudar todo o sentido de um trecho. E é importante também pensar na articulação não apenas dos elementos do texto, como das ideias trabalhadas também. Você não faz ideia de como fica o corretor depois de ler uma redação bem articulada: sorrindo à toa.

E lembre-se que essas dicas vão além da relação com o corretor. Se você segui-las à risca, só irá aumentar suas chances de escrever uma redação nota 1000!!
Está bem



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Rayssa Damasceno disse:

    Ótimas dicas. Irei fazer a prova do Enem esse ano, espero tirar uma nota melhor que a do ano passado. Estou estudando um pouco mais, ano passado tirei 640 pontos!